Infância e adolescência

 

Nascido e criado em Niterói, vivi minha infância no Ingá na rua Tiradentes e depois em São Domingos, próximo ao Colégio Marília Mattoso, onde estudei boa parte do primário e ginásio (atuais ensinos médio e fundamental) fazendo diversos amigos que cativo até hoje.

 

Tive uma infância em que brincar no play, jogar taco, soltar pipa, brincar de ninja e outras atividades simples ao ar livre eram o que nos proporcionava alegria. Obviamente havia um tempo pro videogame, mas preferíamos brincadeiras à moda antiga, com muita interação e companheirismo.

 

Aos 13 anos, após mudar para Icaraí, meus pais me matricularam no Colégio São Vicente de Paulo, onde concluí o ensino médio em 2001. Foi nessa época que passei a me interessar por política, pois infelizmente já existiam alguns professores no meio acadêmico que influenciavam a mente de alguns adolescentes com ideias marxistas. Por essa razão, meus pais sempre me orientaram a nunca acreditar cegamente em tudo que me fosse dito e sempre questionar, pesquisar outras fontes e debater, para assim poder emitir raciocínios críticos quanto aos fatos.

 

Tenho uma grande nostalgia da minha época de colégio, pois tive uma infância e adolescência de muitas amizades, muito aprendizado e de grande impacto na formação do meu caráter.

 

Em 2004 ingressei na Universidade do Vale do Itajaí, onde me formei como Bacharel em Turismo e Hotelaria. Apesar de atualmente não exercer efetivamente minha formação, minha experiência acadêmica foi muito proveitosa, tendo aprendido muito com meus mestres, com os quais mantenho amizade e contato até hoje.

 

Experiência e capacitação na Administração Pública

 

Sou funcionário público concursado há 5 anos com vasta experiência nas áreas de orçamento público, licitações e contratos.

 

Iniciei minha carreira no serviço público em 2011, quando, após ser aprovado em 10º lugar no concurso de Analista de Planejamento e Orçamento da Prefeitura Municipal de São Gonçalo, fui lotado na Secretaria de Fazenda e passei a trabalhar na elaboração dos instrumentos orçamentários (Plano Plurianual, Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual) e na execução do orçamento do Município. Após um ano de exercício, fui nomeado Diretor de Divisão de Planejamento e Elaboração Orçamentária, função que exerci com competência e dedicação por 3 anos.

 

Nesse período, participei da Comissão de Orçamento, atuando com frequência nas audiências públicas na Câmara Municipal de São Gonçalo para as votações da LOA, LDO e PPA e dar publicidade e transparência para a população.

 

Fui aprovado também no concurso de Escrivão de Polícia Federal, tendo cursado a Academia Nacional de Polícia e me destacado entre os melhores alunos daquele curso.

 

Busco sempre a constante capacitação e aprimoramento para prestar um serviço de qualidade para a sociedade. Por essa razão, realizei diversos cursos para me atualizar e desenvolver minhas atividades com competência, tais como: Gestão da Receita Municipal (Escola de Contas e Gestão do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro); Curso de Formação e Capacitação de Pregoeiro; Curso de Planilha de Custos e Formação de preços; dentre outros.

 

Além disso, em 2014 fui o 1º colocado do processo seletivo para ingresso na Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Gestão Pública Municipal, curso realizado pela Escola de Contas e Gestão do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.

Atualmente sou servidor federal, exercendo o cargo de Analista na área de licitações e contratos da Agência Nacional de Transportes Aquaviários, concurso em que fui aprovado em 4º lugar num total de 6562 inscritos. Trabalho com muita determinação e esforço para bem servir o cidadão e fazer jus à remuneração que a sociedade me paga.

Ideais

 

Acredito na família como o grande pilar da formação do caráter do indivíduo e dos mais nobres valores da sociedade. Por essa razão, devemos enxergar o núcleo familiar como instituição a ser respeitada e preservada;

 

Religião

 

Embora seja cristão, acredito que toda forma de expressão de fé deva ser respeitada. Deus é único e, independente de qual religião sejamos fiéis, Ele nos ama incondicionalmente. Jamais podemos aceitar a intolerância religiosa. Nossas atitudes são mais importantes que a religiosidade dogmática;

 

Política

 

Mesmo que o sistema político esteja envenenado pela corrupção, pelas barganhas políticas, pelos interesses pessoais e partidários, pela disseminação da inversão de valores e pela falta de comprometimento com a sociedade, amo a política, pois acredito que ela seja o mais eficaz instrumento para a transformação sócio-econômica da sociedade. Mas para isso é preciso que seja feita uma restruturação dos atuais moldes que vêm sendo praticados, uma renovação, a começar pelos políticos, mudando as peças do tabuleiro.

 

É hora de apostar na nova geração, gente capacitada, competente, inconformados com a inércia e comodismo dos atuais políticos que nada fazem para mudar o sistema promíscuo e ineficiente que vivemos há anos. É hora de dar um voto de confiança para cidadãos como você, pessoas com muita garra e determinação para lutar pela mudança que você idealiza.

 

Amor pelos animais

 

Os animais são seres divinos. Seu amor incondicional por nós enobrece a alma e nos torna mais humanos. Só quem já teve um animal de estimação sabe como é ter o carinho de seres que não querem nada de nós, apenas nos amar e serem amados.

 

Devemos proteger sempre essas lindas criaturas, pois, mesmo eles sendo tão cheios de bondade e carinho conosco, há muitos seres humanos cruéis, de coração podre, que os maltratam, muitas vezes longe dos olhares acusatórios da sociedade, exteriorizando sua personalidade de covardia e maldade. Além disso, nossa legislação que tipifica os crimes contra animais é extremamente leniente e permissiva com quem pratica maus-tratos contra animais, e quem comete esses crimes bárbaros acaba saindo praticamente impune, pois presta alguma pena alternativa, como pagar cesta básica.

Como disse o filósofo alemão Arthur Schopenhauer, “A compaixão pelos animais está intimamente ligada a bondade de caráter, e quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem”.

Clique para saber mais